DVW Comunicação

Agenda

17 de Outubro de 2012

Teste de Impairment

Teste de Impairment - De acordo com o Pronunciamento Técnico CPC n. 01 (Resolução CFC 1.292/10)

Aprenda como Elaborar o Teste de Impairment

 Prof. José Carlos Oliveira Carvalho, ex-Auditor Geral do Ministério Público e ex-Auditor Fiscal no Estado do Rio de Janeiro

São Paulo, 17 de Outubro de 2012

 O teste de impairment, ou recuperabilidade dos ativos foi instituída como uma obrigação acessória a ser observada por 100% das empresas: grandes, médias, pequenas e micro, optantes pelo lucro real, presumido ou simples.

Em termos práticos, as empresas deverão elaborar e deixar à disposição dos órgãos de fiscalização um laudo específico atestando se os investimentos feitos pela empresa serão recuperados ou não. Em outras palavras: o governo está interessado em saber se, quando as empresas colocam em seus balanços que o somatório dos ativos vale R$ 1.000.000, se REALMENTE vale isso.

NÃO SE TRATA DE AUDITORIA. Independe de haver ou não auditoria, de ser obrigatória ou não a auditoria. A CONSIDERAÇÃO A RESPEITO DO TESTE É OBRIGATÓRIA.

A fundamentação legal está nos seguintes diplomas legais: Leis 11.638 de 2007, 11.941 de 2009, Código de Direito Empresarial, Pronunciamento do Comitê de Pronunciamentos Contábeis n. 01, Resolução CFC  1.152 de 2009, 1.292 e 1.315 de 2010.

Apenas para contextualizar, o Brasil passa por uma mudança drástica na forma de registrar e contabilizar suas operações: além do teste de impairment, foi instituído o SPED, a nota fiscal eletrônica, etc. O teste de impairment é uma dessas obrigações.

Na prática, significa levantar, com base nas informações contábeis, financeiras e operacionais da empresa, dois valores para fins de, em um segundo momento, comparar-se com o valor contábil da empresa: o valor de VENDA dos ativos e o VPL dos fluxos de caixa futuros da empresa, no período definido pela norma;

A partir daí, escolhe-se dos dois valores o maior e, então, é feita uma comparação com o valor contábil. Se, porventura, o valor contábil (registrado no balanço patrimonial) for maior, é necessária a constituição de uma provisão para perdas em função do teste de impairment.

Objetivo

Capacitar profissionais na área contábil, fiscal e financeira a realizar com segurança e conhecimento laudos de Impairment.

Conteúdo Programático

  • Processo de identificação da existência de ativos desvalorizados
  • Fontes externas observadas durante o período ou por ocasião da elaboração das demonstrações contábeis
  • Fontes internas
  • Determinação do valor recuperável
  • Valor de venda
  • Valor de uso
  • Ativos corporativos
  • Unidade geradora de caixa
  • Estimativa do fluxo de caixa futuro
  • Determinação da taxa de desconto
  • Reconhecimento das perdas
  • Reversão de provisão para perdas por desvalorização
  • Divulgações
  • Discussão de casos práticos
  • Apresentação e análise de Teste de Impairment (caso verídico)

Público-Alvo: Empresários, diretores executivos e financeiros, funcionários das áreas fiscais,  financeira e contábeis de empresas de diferentes portes e setores.

Instrutor: José Carlos Oliveira de Carvalho

Doutorando em administração pela União Europeia e mestre em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ (área de concentração: Auditoria). Especialista em Docência Superior pela FABES, graduou-se em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Foi auditor-geral do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, cedido pelo Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, onde era auditor fiscal (concursado). Leciona na Fundação Getúlio Vargas - FGV, PUC, IBMEC e no Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro – CRCRJ e em diversos cursos preparatórios para concursos em mais de vinte capitais.

 Autor dos Seguintes Livros:

  • 2007 – Por Dentro das Fraudes: Como são feitas, como denunciá-las, como evitá-las – Aduaneiras
  • 2007 – Auditoria de Demonstrações Financeiras – FGV Management
  • 2006 – Auditoria Geral e Pública – Campus/Elsevier
  • 2006 – Orçamento Público - Campus/Elsevier

Informações Úteis:

Data: 17 de Outubro de 2012

Horário: 9h00 às 17h00

Local: Mercure Moema - Av. Lavandisca, 365

Investimento: R$ 1.990,00 (mil novecentos e noventa reais). Estão inclusos custos de material, almoço, estacionamento, coffee break e certificado.

Condição Especial para inscrições pagas até 02 de outubro: R$1790,00 (mil setecentos e noventa reais).

Para demais informações entre em contato pelo telefone: (11) 2440-5029 ou através do e-mail atendimento@dvwnetworking.com.br.

A DVW reserva-se o direito de alterar o programa sem aviso prévio.

Informações

Data 17/10/2012

Local
Mercure Moema
Av. Lavandisca, 365
São Paulo - SP

Investimento 1990.00

Atendimento
contato@dvw.net.br

Indique para seus amigos


DEPOIMENTOS

“Claro e preciso, esclareceu e me instrumentalizou para trabalhar criticamente junto ao meu contador”

Anelise

GMK Diagnósticos

EVENTOS REALIZADOS

PALAVRAS RELEVANTES

Tributário

Finanças & Economia

Construção Civil

Logística

Auditoria

Gestão Corporativa

Custos e Orçamentos